Passagens compradas!

Posted by Raquel Ramos Thu, 17 Jul 2008 15:02:00 GMT

Devido uma pane no site que armazena o blog,não estavamos conseguindo atualizar.

Compramos as passagens, já tinhamos reservado havia umas 2 semanas, quando enviamos os passaportes para o consulado, para nossa surpresa as taxas aumentaram muito e pagamos quase 1000 reais a mais.Que dor no bolso!!!!Estamos indo dia 30 de agosto com a chegada em Calgary dia 31, serão 32 horas de viagem por conta das paradas de conexão:Teresina - Brasilia - SP - Toronto - Calgary. Vamos chegar so o bagaço,hehehe.

Depois passo aqui no blog com calma pra contar o quanto anda as emoções dos prepativos da viagem.

C’ ya soon!

 

 

9 comments |

A epopéia dos Passaportes

Posted by Daniel Medeiros Fri, 04 Jul 2008 17:23:00 GMT

Bom, como todos sabem (e se não sabem esta aqui o post) recebemos o pedido de passaportes dia 16/06 e enviamos dia 17/06 (uma terça-feira). Já tinhamos notado que o consulado só envia correspondências nas quintas-feiras, portanto estávamos conformados que o visto só estaria em nossas mãos mais de uma semana depois, o que não diminuiu a ansiedade ou a busca pelo carteiro todo santo dia durante a semana.

Mantínhamos, entretanto, a esperança de recebermos os passaportes na quinta-feira seguinte (dia 26/06) quando completaríamos 9 anos de namoro. É isso mesmo, mesmo casados, ainda comemoramos o nosso aniversário de namoro. Fazemos questão de manter o status de "eternos namorados".

Infelizmente, não chegou e, na sexta-feira (27/06) enviei um email para Maria João(MJ), para confirmar o envio dos passaportes e monitorarmos a data de chegada (pois temos ouvidos diversos casos de roubo a funcionários dos correios). Ela respondeu cerca de alguns minutos depois dizendo que o visto seria enviado na semana seguinte.

Na segunda-feira (30/06), lá estava no e-CAS: "Decisão Feita". Pensamos, devem estar enviando hoje. Tudo estava indo bem, até que na terça-feira a noite (01/07) fomos surpreendidos com a greve dos correios. No dia seguinte, mandei outro email para MJ perguntando se tinha número do registro para tentarmos resgatar os passaportes na agência dos correios. Ela nos respondeu prontamente, com a decepcionamente resposta de que os vistos seriam emitidos esta semana e que queria uma confirmação se mandava por carta registrada ou se eu não gostaria de mandar alguém ir buscar.

Pensei em uma prima minha que mora em São Paulo, que poderia nos mandar por VASPEX, mas conversando com ela, vimos que estávamos desatualizados, a VASP faliu (isso eu sabia) e não existia mais VASPEX (isso eu não sabia). De volta a estaca zero. Na quinta (dia 03/07) fui escrever um email para a MJ dizendo que iríamos aguardar a volta dos correios, quando me lembrei que um colega meu de trabalho estava em SP e que voltaria no sábado. Refiz o email, pergutando como proceder para mandar um terceiro receber nossos passaportes. Como eu iria ter uma reunião à tarde, fui almoçar mais cedo. Não antes de checar se ela tinha me respondido. Nada até então. Durante o almoço liguei a TV, estava assistindo o "Jornal Hoje" da Globo e… outro susto… "Pane na Internet em SP! Diversas empresas e repartições públicas paradas". Pensei: "Putz! Por isso que ela ainda não me respondeu". Corremos atrás de descobrir o ramal dela, pois no número do consulado atende só aquela URA (Unidade de Resposta Audível, veja definição em http://pt.wikipedia.org/wiki/URA) e só transfere se soubermos o ramal.

Não consegui o ramal antes da reunião começar. A Raquel continuou procurando e então me mandou por SMS (mensagem de celular) o numero do ramal. Na primeira oportunidade que tive, liguei para a MJ, que me atendeu muito bem. Saiu procurando o meu processo, sei que ela mudou de sala pelo menos umas duas vezes, porque ela transferia a ligação de uma lugar para ou outro. Ela me pediu para confirmar o número do processo, meu nome e se era mesmo em meu nome algumas vezes (confesso que fiquei preocupado).

"Hmm… pela data você já deveria ter recebido", e eu pensei "pois é…"

"Hmm… Só um instante…. (pausa) Olha, já foi enviado… dia 26/06… se quiser tenho o número do registro"

"Claro. Um instante que vou anotar!"

"RCxxxxxx169BR… anotado. Muito obrigado"

Desliguei o telefone e fui direto ao site dos correios. Me chamaram, tive que sair e não vi a página aparecer. Quando voltei lá estava: "Não temos registro… Número inválido ou foi postado recentemente e não temos ainda informações…" (ou alguma coisa assim).

Pensei: "Putz! Agora só amanhã!"

Então, pensei mais um pouco… Eu tinha feito um programa que gerava formulários de AR para as correspondências que enviamos, fui checar e o dígito verificador não bateu. Ou eu anotei errado ou ela falou errado. Sinceramente, acho que eu anotei errado!

Fiz o cálculo e dava "RCxxxxxx168BR", testei no site dos Correios e tinha uma correspondência que saía da mesma agência que o consulado usa, mas para outro estado e no dia 19/06 e não dia 26/06, como ela tinha dito.

Pensei de novo: "Hmm… Normalmente os correios reservam uma sequencia por empresa… Não deve ter muita gente no processo… Pra minha cidade, acho que só eu…" Decidido: Fiz um programinha que, a partir daquele número que eu tinha, ia seguir a sequencia, calcular o DV, acessar o site e ver se tinha o nome da minha cidade na página. O programa ainda rodou 51 vezes e achou… o final era "619BR" eu tinha trocado dois dígitos de posição. Acessei o site pra ver.

Realmente tinha sido enviado dia 26/06. No dia 30/06 tinha dois registros:

- Por volta das 14 horas: "Saiu para entrega"
- Por volta das 19 horas: "Saída não efetuada"… COMO ASSIM?

Depois descobri, com um colega do setor de expedição da empresa, que tem uma pessoa nos Correios que cadastra o pacote pra entrega, mas às vezes acontece de o carteiro não poder levar e no fim do dia eles registram que o pacote ficou por lá. O problema é que no dia seguinte os Correios entraram de greve.

Eram uma 17:30 e liguei pra Raquel tentar ir buscar no CDD (Centro de Distribuição Domiciliária) da nossa região, mas chegou la e "descobrimos" que funciona das 08:00 às 17:00, e já estava fechado.Nada feito! Então hoje de manhã chegamos lá uma 08:30. Na verdade, só abre a partir das 09:00, mas os caras lá foram muito gente boa conosco e, mesmo antes de abrir, nos atendeu e entregou o pacote.

Assim, hoje (04/07) às 09:00 estávamos com os passaportes com o visto nas mãos, mas não sem uma boa dose de emoção ,durante toda essa semana que passou,para tornar o processo mais interessante.

Agora é se preparar para a vida nova em terras geladas.

Ainda estamos meio que anestesiados com esse sonho tornado realidade…É verdade! O visto de imigração não é mais um sonho, ele é agora realidade.

Canada, here we go!

* Epopéia: Extenso poema narrativo em que se narram ações heróicas e grandiosas; Série de feitos heróicos (pt.wiktionary.org/wiki/epopéia)

7 comments |

Criando pó, teia, traça, mofo de tanto esperar...

Posted by Raquel Ramos Thu, 26 Jun 2008 22:13:00 GMT

Estamos com 10 dias de espera pelo retorno dos passaportes com o visto…Owww processo sofrível!!! To pra pegar um avião e ir busca-los pessoalmente.O pior não é esperar e sim ver várias pessoas receberem com até 3 dias após a entrega.

Hoje estamos completando 9 anos de namoro e estavamos na torcida pelo chegada dos vistos,seria uma data inesquecível e de grande comemoração. Sei que moramos onde o vento faz a curva no Brasil, talvez a demora toda. Mas vamos manter a calma, vai chegar.

Vamos ali afogar a frustação de mais um dia de espera comemorando os 9 anos em num rodízio de sushi e esquecer um pouco essa espera angustiante.

Quem sabe amanhã chega…TORÇAM POR NÓS!!!!!!!

Daniel, saiba que você foi a escolha mais certa de toda a minha vida.Obrigada pelo lindo buquê de rosas que me fez correr toda feliz para atender a campainha achando que era o correio .

Feliz 9 anos de namoro!AMO VOCÊ PRA SEMPRE!!!!

 

6 comments |

Pedido de passaportes

Posted by Raquel Ramos Wed, 18 Jun 2008 12:37:00 GMT

Então, eles chegaram, todo mundo já esta sabendo, mas preciso deixar registrado no blog tb, né?

Sabe aquela teoria que estamos cansados de escutar de quando menos esperamos chega, aparece, acontece?Pois bem, nem estavamos esperando o pedido, apenas estavamos ansiosos,  pensavamos  que durante a semana, talvez, o consulado colocasse as mãos no nosso processo e então liberesse a cartinha do pedido de passaporte mas como era uma segunda-feira , nem pensei em checar o correio no dia (mentiraaaaaa, eu dei uma checadinha no meio da tarde antes de sair de casa).

Então…Chegamos a noite e nem demos bola  pra caixa do correio, não olhamos mesmo.Pra quem não sabe, moramos em uma casinha do lado de fora da casa da sogra,  a casinha do cachorro, a casinha  fica na parte de cima da casa de apoio da piscina. é uma loonnnga história, prometo que contarei um dia pra vcs entenderem como parece que Deus escreve certo por linhas tortas.

Mas voltando a história do correio,  não checamos e nem lembramos do correio. Então, era umas 10 da noite quando a mãe do Daniel berra _ Raquellll, Danieeeellllll…tem umas correspondências pra vcs_ abri a janela é ela diz que era do Consulado Geral do Canada, desci correndo, ainda berrei pro Daniel descer e receber comigo e ele nada.A mãe do Daniel viu a cartinha por acaso, no chão, era 10 da noite e estava colocando o lixo pra fora. Já pensou se a nossa cartinha tivesse passado a madrugada "ao relento"? E quando soltasse os cachorros? !!!!!!!!

Daniel com a cara enterrada no computador e os ouvidos ao microfone nem percebeu a movimentação, subi e então esfreguei a carta na cara dele (acoooorda meninooo!!!!).Que alegria meu amor ficou, so falta agora o mestrado tb dar certo para a nossa felicidade ficar completa. .

No dia seguinte fui buscar meu novo passaporte, com nome de casada, na policia federal, paguei a última taxa de R$ 1.700 reais e pronto enviamos os passaportes por sedex.

Agora é aguardar a última caça aos correios

9 comments |

Enquanto a espera pelo visto não acaba...

Posted by Raquel Ramos Sun, 15 Jun 2008 19:16:00 GMT

Vamos economizando, ou melhor, criando um porquinho.
Tinhamos um monte de moedas espalhadas pela casa, raramente usavamos, então peguei essa idéia do porquinho  da Renata, ela e o marido estavam nos preparativos da viagem quando os conheci, eles tinham acabado de detonar o porco.Então compramos um porquinho de barro, eu pintei a folhinha e esculhambei aí Daniel foi pintar por cima e por isso ficou essa lambança,  pintamos e ele virou o mascote no nosso processo de imigração, sendo alimentado com TODAS as moedas que recebemos de troco. Agora em agosto ele fará um ano e apesar de estar entupido cheio de moedas não vamos conseguir chegar ao topo, como gostariamos, antes de quebra-lo.Pensamos em várias maneiras de usar esse dinheiro, umas delas e usarmos em nossa despedida.Tem um monte de estabelecimentos pedindo nossas moedas para trocar, a moça da cafeteria onde o daniel costuma tomar cafezinho todos os dias, e de onde vem a maior parte das moedas, sempre pergunta "O porco ja foi pro abate?".
Fica aí uma dica para quem esta começando no processo, acaba sendo uma maneira descontraida de juntar uma graninha enquanto o visto não vem.Sei que esse post é uma péssima influência para o país,rs…Se essa idéia pega para todos que estão no processo de imigração, que prejuízo de moedas parada vamos dar ao Brasil, hein!

 

 

3 comments |

Older posts: 1 2 3 4 5 ... 10